Resenha: Garota Online

31 de jan de 2017
garota online zoe sugg

Confesso que quando comecei o livro não dei muito crédito, achei mesmo que seria mais um livro cliché pra adicionar na listinha de leitura. Porém conforme fui lendo, as palavras me agradavam ainda mais, as mãos já iam rápidas puxando a próxima página e um sorriso ia se formando nos lábios.

É com todo esse sentimento bom que Garota Online me deu que apresento hoje um livro tão gostoso que pode nos levar longe dentro do seu pequeno cliché e sim, nos fazer suspirar.

Penny tem um segredo. Com o nickname Garota Online, ela escreve um blog no qual desabafa seus sentimentos mais íntimos sobre amizade, meninos, os dramas do colégio, sua família maluca e os ataques de pânico que começaram a dominar sua vida. Quando as coisas vão de mal a pior, sua família a leva para Nova York, onde ela conhece Noah, um garoto lindo que toca guitarra, e com quem ela parece ter muito em comum. De repente, Penny percebe que está se apaixonando — e escreve sobre cada momento dessa história em seu blog, de maneira anônima. Só que Noah também tem um segredo, que ameaça arruinar o disfarce de Penny para sempre.
Por ser desastrada e tímida, Penny sustenta um blog anônimo com o nome de Garota Online, o mesmo é como seu forte. Lá ela pode simplesmente se soltar, contar do seu dia, dizer o que realmente pensa e desabafar sobre os ataques de pânico que vem tomando conta de si. Penny também descobriu que o único amigo em que pode confiar é Elliot, um garoto muito estiloso e cheio de problemas com os pais. Seus outros amigos agora parecem não ser tão amigáveis e ela esta cada vez mais convencida de que nunca foram.

Após uma grande tragédia na frente de todo o colégio, Penny descobre que a empresa de seus pais foi contratada para organizar um casamento nos Estados Unidos e com isso ela se vê cercada pela vergonha com seus colegas, o medo de enfrentar uma viagem pelos céus em um avião e a felicidade de uma oportunidade de conhecer um lugar novo e esquecer toda as coisas ruins de sua cidade natal.

Eu costumo curtir demais livros que me fazem suspirar de amores e que me fazem morrer de vergonha, do tipo que quero até me esconder só por estar lendo aquele momento. Eu não tinha tantas pretensões sobre ele, achei mesmo que seria mais um que eu iria começar e nunca mais pegar nele de novo (sim, eu sou dessas). Mas, felizmente, fiquei presa na teia de palavras e cenas lotadas de detalhes. O livro conseguiu me fazer rir, muitas vezes morrer de vergonha e até derramar uma lagriminha curta e fraca, só pela emoção do final bonitinho. 

Outra coisa maravilhosa que é abordada de maneira leve: os ataques de pânico que ela mesma tem e sabe o quanto é difícil lidar. Não consigo imaginar como deve ser prazeroso pra ela saber que tem uma personagem própria que sentiu as mesmas coisas que ela. Penny nos deixa sabendo que no livro temos apenas uma história dela, não é como alguns personagens que parecem viver somente ali. Nos deixa com vontade de senti-la na vida real, de ler seu blog e adorar as fotos maravilhosas que são parte do seu passatempo favorito. 

Não posso deixar de mencionar o quanto amei Noah e o quanto ele atingiu minhas expectativas de um personagem sonhador, amoroso e tão bonito quanto as músicas que saem da sua boca. Não imagino ninguém melhor para a Penny mas também deixo no ar que não existe casal mais cliché que esse. É quase impossível não amar os momentos dos dois juntos e até não querer ter uma pessoa especial assim que nos trate com tanto carinho e cuidado. 

O livro além de abordar um assunto importante como os ataques de pânico, também aborda o lado ruim da internet. O lado em que as pessoas pensam poder se esconder para falar mal e distribuir ódio apenas para magoar a pessoa do outro lado da tela. Em alguns momentos isso é tão bem passado para o leitor que sentimos a angústia de Penny por receber tanto ódio gratuito sem nunca ter feito mal a ninguém.

Posso dizer que Garota Online me enfeitiçou, me fez acreditar ainda mais em romances e adorar cenas fofas. Foi uma bela surpresa realmente gostar do livro a ponto de ler ele em, literalmente, todos os lugares, trabalho, cama, sofá, biblioteca, casa de parentes e cursinho. Vou morrer de saudade até encontrar o segundo livro da série e espero que ele seja tão bom quanto o primeiro.

Não gostei muito da conclusão do livro, mas foi mais a cena, sabe? Queria algo mais bem explicado mas acredito que podemos reconsiderar por ter uma continuação, certo? 

Recomendo ele a todos que curtem um romance cliché, colegial, passado no frio nova iorquino com um toque de luzes de Natal no fundo. 


"-Sabe o que é um incidente incitante? [...] - É o momento no começo de um filme em que alguma coisa acontece na vida do herói e muda tudo para sempre. Você viu Harry Potter, não viu?
Faço que sim com a cabeça.
- Então, o incidente incitante desse filme é quando o Hagrid diz pro Harry Potter que um dia ele vai ser um grande mago e entrega a carta para Hogwarts.
- Ah, sei.
Noah abaixa a cabeça, como se estivesse envergonhado.
- Acho que você pode ser isso pra mim.
- O que? Uma maga?
- Não! Meu incidente incitante."
 
Título: Garota Online
Série: Girl Online #1
Autor (a): Zoe Sugg
Editora: Verus
Páginas: 308
Ano: 2015
Onde comprar: Saraiva

NOTA: ☆☆☆☆

E vocês? Já leram esse livro? Curtem romancinhos bonitos? hahah Me contem tudinho! Beijão e até a próxima.

10 comentários:

  1. Ah, meu Deus! Já tive que salvar o livro pra colocar na minha lista. Estou curiosa pra ler, sua resenha me instigou.

    Beijos,
    Blog Gaby DahmerFanpage

    ResponderExcluir
  2. Menina, eu amo cliches romanticos, nem ligo, pode julgar hahahah
    Já vi esse livro mas nunca me interessei por ler, até ler essa resenha <3 quero pra ontem.

    Born in 1996

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Julgar nuncaaaa hahaha Todo mundo ama mas ninguém conta, né? Quando ler me conta tuuudo! Beijão

      Excluir
  3. Oi! Gostei da premissa do livro e vou adicionar no skoob. Adoro livros românticos que consequentemente são clichês rsrs e esse aborda um tema bem interessante que é o blog. Bjos <3

    Seguindo o blog!
    Click Literário

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espero que curta! Me conta tudo quando terminar, viu? Beijão

      Excluir
  4. Eu amo esse livro, é tão "fofo"
    Beijos
    http://lolamantovani.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É mesmo, viu? Eu adorei ele demais! Beijão

      Excluir
  5. Nossa antes eu também não dava muito créditos pra esse livro, pensava que ele seria muito broxante hahah, mas agora que você falou dele, estou interessada em comprar!
    Beijos!
    http://www.montero.blog.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom te ver por aqui, Lili!! Juro que é dos bons, pode comprar que não tem arrependimento. Beijão

      Excluir

Muito obrigada por visitar o QSM! Nos conte o que achou, sua opinião é muito importante ❤